Pai de Mayli fez justiça com as próprias mãos e matou assassino de sua filha

Nilton César Bragança

Nilton César Bragança

Eliabe esteve junto com uma mulher na hora do crime, ela confirmou à polícia que Eliabe de Oliveira Freitas, de 21 anos, atirou em Mayli Bragança Tavares, de 21 anos, no dia 5 de agosto. A testemunha já foi ameaçada de morte, por isso a polícia mantem em sigilo sua identidade.

Nesta terça-feira (13) o construtor Nilton César Bragança, de 43 anos, se entregou à polícia junto com um advogado e confessou ter assassinado Eliabe no dia 9 de agosto, já que ele tirou a vida de sua filha.

Informações dão conta de que Eliabe teria uma dívida com Mayli, referente a venda de drogas, essa foi a motivação de Eliabe assassinar Mayli.

Nilton acreditou que ficaria em liberdade ao se apresentar fora do flagrante, porém as contradições existentes entre o seu depoimento e o das testemunhas, levaram ao delegado pedir ao juiz sua prisão para esclarecer os fatos. O advogado de Nilton entrará hoje com pedido de Habeas Corpus para que siga o processo em liberdade.

[tabs]
[tab title=”Saiba mais?”]Mulher é executada a tiros de descartada no Bairro Assossete em Vilhena

Identificada: mulher assassinada a tiros deixou dois filhos

Urgente! Filho morre e pai vai para o hospital após tiroteio no Setor 6 em Vilhena[/tab]
[/tabs]

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Por Hernán Lagos[/tab]
[/tabs]

[print-me]