Acidente aconteceu perto de Cacoal (RO). Rodovia que liga RO ao MT segue interditada em Rondônia.

Quase 20 horas depois de uma colisão entre dois caminhões, que resultou em uma grande explosão, a equipe de resgate tenta retirar os corpos dos dois motoristas de dentro dos veículos. O acidente foi na tarde de terça-feira (23), na BR-364, a 15 quilômetros de Cacoal (RO). Um dos caminhões transportava tanques com combustível.

Segundo a equipe dos bombeiros que está no local, há risco de novas explosões e, por isso, a rodovia segue interditada e os corpos não puderam ser retirados das ferragens carbonizadas.

Desde o momento da colisão, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) interditou ambos os lados da pista, o que provou cerca de 15 quilômetros de congestionamento.

A situação no local requer cuidado, já houve uma explosão em um dos tanques de combustível e o etanol continua vazando.

Equipes tentam retirar corpos das ferragens — Foto: Magda Oliveira/G1
Equipes tentam retirar corpos das ferragens — Foto: Magda Oliveira/G1

“Nesse momento ainda está vazando produto. O Corpo de Bombeiros está resfriando o caminhão novamente, para que possamos tampar o vazamento, fazer o transbordo da carga e liberar o local para a perícia fazer o trabalho necessário. Depois disso, vamos retirar os veículos, liberar a pista e fazer um novo processo de despoluição ambiental, já que o produto correu para as margens da pista”, explicou o coordenador de emergência, Júnior Evangelista.

A PRF acredita que o acidente tenha vitimado pelo menos duas pessoas. Os corpos continuam dentro dos veículos e só serão retirados, após o transbordo do combustível. Não há previsão do horário em que a pista será liberada.

Júnior acredita que ainda há no caminhão-tanque cerca de 10 mil litros de etanol para ser transbordado. Por volta das 10h de quarta-feira (24) o Corpo de Bombeiros iniciou novamente o trabalho de resfriamento dos veículos, para que a empresa pudesse dar início ao trabalho.

“Para fazermos a retirada do combustível e tirar os veículos da pista em segurança, primeiro precisamos resfriar o tanque que está com a temperatura elevada. Agora vamos tentar chegar a uma temperatura ambiente e dar início ao transbordo do produto. Dessa forma também conseguiremos retirar as vítimas dos veículos e confirmar quem são. Nós daremos todo esse apoio”, afirmou o sargento do Corpo de Bombeiros, Roberto Elias da Silva.

Congestionamento na BR-364 após colisão de veículos — Foto: Magda Oliveira/G1
Congestionamento na BR-364 após colisão de veículos — Foto: Magda Oliveira/G1

Ainda não há horário definido para que as pistas sejam liberadas. A PRF acredita que, pelo menos, duas pessoas tenham morrido na colisão.

Acidente

A colisão ocorreu na altura do Castanhal, sentido Presidente Médici (RO). Na noite de terça-feira uma equipe do Corpo de Bombeiros de Cacoal esteve no local resfriando o caminhão para que novas explosões não ocorressem, o que não está descartado, já que há o vazamento constante de etanol em um dos tanques de combustível.

No momento ainda tem muita fumaça saindo do local e a temperatura dos tanques está alta, o que faz com que a empresa particular responsável por fazer o transbordo do combustível e a desintoxicação da área acredite no risco de nova explosão.

G1 – RO