Investigados adquiriram imóveis e veículos, registrando-os em nome de familiares e terceiros, para lavar dinheiro da venda de drogas

A Polícia Federal, através da Delegacia de Repressão a Drogas, deflagrou na manhã de da terça-feira (3) a Operação HOPE visando a desarticulação de organização criminosa voltada para o tráfico interestadual de drogas e lavagem de capitais.

Foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão nas cidades de Porto Velho, Ariquemes, Rolim de Moura, Guajará-Mirim e Lábrea/AM.

Além das prisões e buscas, a Vara de Delitos de Tóxicos de Porto Velho determinou o bloqueio de contas bancárias e bens dos investigados, além do sequestro de imóveis e veículos.

Ao longo das investigações, iniciadas em novembro de 2018, a Polícia Federal conseguiu realizar a apreensão de três carregamentos de drogas pertencentes à organização criminosa nas cidades de Porto Velho e Barra do Garça/MT, totalizando aproximadamente 120kg de cocaína.

As drogas eram remetidas das cidades de Porto Velho e Lábrea/AM para outros Estados da Federação, em especial o Espírito Santo, ocultas em compartimentos preparados no interior de veículos com o intuito de burlar qualquer tipo de fiscalização.

Visando a lavagem do capital ilícito obtido com a venda das drogas, restou demonstrado que os investigados adquiriram imóveis e veículos, registrando-os, porém, em nome de familiares e terceiros.

Os presos, que responderão pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro, foram encaminhados para as unidades prisionais, onde permanecem à disposição da Vara de Delitos de Tóxicos.

Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia/RO