Foram dois disparos a queima-roupa

O crime aconteceu na noite deste sábado, 7 de setembro, numa residência localizada na Av. 1511 nº 2309 do bairro Cristo Rei em Vilhena.

No quintal da casa vizinha, de nº 2296, os envolvidos ingeriam bebida alcoólica. Em determinado momento houve uma discussão entre Waldeci Aparecido Florêncio, 45 anos, e Carlos Henrique Ferreira da Silva, 26 anos, que fez com que Waldeci saísse da casa e se dirigir até a casa do seu genro Renan Aparecido Miranda, 29 anos. Porém, Carlos perseguiu Waldeci.

Segundo Waldeci, após ele entrar na casa do seu genro, viu Carlos abrir o portão e foi em sua direção agredindo-o com uma “voadora”, e este caiu no chão. A testemunha Francisco o ajudou a ficar em pé.

Nesse instante, Waldeci levou mais um chute e chamou o genro, Renan. Este saiu com uma arma de fogo e efetuou os disparos que atingiu Carlos no rosto e abaixo da axila.

Após cometer o crime, Renan se evadiu do local em um veículo Gol, vermelho. Enquanto Carlos sangrou até morrer.

A Polícia Militar foi acionada e conduziu os envolvidos à Unisp para tomar as medidas cabíveis.

Da redação do Rondônia em Pauta