Agressor foi condenado há 22 anos e seis meses de prisão em regime fechado. Denúncia foi feita pela vítima em 2013.

Homem foi levado para a Central de Flagrantes em Porto Velho — Foto: Pedro Bentes/G1
Homem foi levado para a Central de Flagrantes em Porto Velho — Foto: Pedro Bentes/G1

Um homem de 50 anos foi preso na tarde desta terça-feira (30) na Zona Leste de Porto Velho após ser condenado pelo estupro da enteada. Segundo a vítima, os abusos aconteciam desde quando a jovem tinha oito anos e seguiu até ela fazer 14 anos.

Segundo consta em um boletim de ocorrência registrado em 2013, a vítima, na época com 14 anos, informou à polícia que era abusada sexualmente há cerca de seis anos pelo padrasto, quando a mãe saia para ir à igreja. Ela também disse que era ameaçada para que não contasse nada a ninguém.

A jovem ainda relatou que o homem não estava mais em um relacionamento com a mãe dela, e que o último abuso havia acontecido em 2012.

O homem foi julgado e condenado a 22 anos e seis meses de prisão em regime fechado. No dia 12 de junho de 2020, um mandado de prisão foi expedido pela 2ª Vara da Infância e Juventude de Porto Velho.

Nesta terça-feira (30) o agressor foi localizado na rua José Amador dos Reis, Zona Leste da capital, e preso.

Por G1 RO