Ele tentou eletrocutá-la com uma extensão de fio elétrico

2014-01-28-12.59.10Isaias Caires da Silva, 45 anos, se apresentou para uma guarnição da Polícia Militar no Cetremi, na BR-364, na manhã da terça-feira (28). Ele estava numa moto Fan, vermelha.

No dia 21 de janeiro, há uma semana, Isaias tentou matar a esposa Sueli Alves dos Santos, 38 anos, com uma extensão de fio elétrico. Naquele dia, ambos discutiram em Nova Brasilândia e teve a ideia de matá-la eletrocutada. A levou até uma chácara e, dentro do banheiro, encostou o fio elétrico para tirar-lhe a vida. Ela segurou no braço dele e arrancou um pedaço de um dos dedos da mão direita, e ele percebeu que ia dar choque nos dois. Um fio tocou no outro e a energia caiu. Foi então que ele fugiu para Comodoro e depois foi até Sapezal no Mato Grosso.

Quando foi no banco para tirar dinheiro percebeu que deu uma pista para a polícia e que ia ser rastreado por isso resolveu se entregar.

Em todo esse tempo não cuidou do ferimento que estava necrosado quando chegou até a Delegacia de Polícia Civil. No sistema não existe nenhuma queixa ou denúncia contra ele.

Por Hernán Lagos