Homicídio: amigo de jovem esfaqueado que pegou o taco de beisebol explica o que aconteceu

2014-03-06T16:38:28+00:0006 março, 2014|

Clair Júnior viu tudo e presenciou o homicídio. Vítima de comentários que criticaram a ação de ter guardado o taco de beisebol, enviou uma carta à redação do Rondônia em Pauta esclarecendo os fatos.

imageO homicídio aconteceu por volta das 5h desta terça-feira (4) na rua Osvaldo Cruz, a poucos metros da Av. Major Amarante. Leia a carta:

Sobre a morte de um irmão e os comentários ridículos em vários sites locais:

É sério que vocês respiram? São seres humanos? Que pensamentos são esses?
Vamos aos fatos, visto que EU estava lá e EU VI meu amigo cair na minha frente.

*Não conhecíamos nenhum dos três. Não é verdade o boato que circula que meu amigo deu soco neste cidadão e nem que havia brigado/discutido horas antes.

*Bismark já é de maior. Alguns sites noticiam como se ele possuísse 17, mas ele fez 18 em fevereiro. Já é um conhecido da polícia. A outra envolvida é menor sim e possui 16 anos.

*O motivo de meu amigo ter um taco de beisebol no carro? Bem, talvez eu não saiba explicar, mas me lembro bem dele com este taco… Nunca o usou, era mais uma espécie de objeto americano que algumas pessoas gostam de ter. Ele ia muitas vezes tomar tererê e jogar sinuca na casa de um amigo e o taco estava sempre lá no carro.

*Por que EU peguei o taco? Por que EU não deixei ele se defender? simples… Em momento algum parecia briga. E não era! Meu amigo já havia afastado o Bismarck e eu estava segurando o Tarso. Este me falou: ”-Vou pegar o taco só para dar um susto”. Eu o segurei e a todo momento falava: Não cara, deixa quieto. Ele conseguiu se soltar de mim e foi indo em direção ao carro. Eu fui atrás e a menor também. Ela que falou sobre o cano e então eu peguei o taco com a CONSCIÊNCIA de AMBOS (Tarso e a menor) e guardei no carro. Ao fechar a porta o outro cidadão já estava próximo. Ele falou: ”-Você ta embaçando com meu amigo?” (não necessariamente com essas palavras) e bateu no peito do meu amigo umas 4 vezes. Eu achei que ele estava apenas batendo para intimidar e então o Tarso caiu. Daí, já passei a achar que foram socos e que ele estava tendo uma convulsão.

*Meu amigo não bateu no rosto do assassino. Este alega que isso resultou em sua ação, mas não é verdade.

Talvez eu esteja me expondo ao fazer a publição, mas eu realmente não ligo.

 [tabs]
[tab title=”Leia a matéria do homicídio:”]Jovem é assassinado a facadas no Centro de Vilhena; fotos chocantes [/tab]
[/tabs]

Por Hernán Lagos

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.