empresárioA informação foi passada por agentes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida, que disseram que uma das linhas de investigações, aponta que o assassinato de João da Rosa (67), pode ter sido decorrente de uma cobrança de dívida.

Os agentes disseram que o empresário do ramo de óticas trabalhava como ourives e agiotagem. João tinha vários clientes e ultimamente estava recebendo ameaças e passou a andar armado. Na manhã desta terça-feira (1), o empresário recebeu uma ligação de um desconhecido, que informou que sua loja, localizada na Avenida Jatuarana estava sendo roubada. Quando a vítima chegou ao local, depois de deixar seus netos na escola foi atacado por dois homens que estavam em uma moto. O homem recebeu vários tiros de pistola e morreu na hora.

A polícia ainda não tem pistas dos assassinos. João era militar aposentado do Exército Brasileiro. O corpo do homem foi removido por peritos do IML.

RONDONIAOVIVO