O médico Mauro Arantes morreu na noite desta terça-feira, horas depois de ser baleado em frente ao consultório em que trabalhava, em Cujubim. Ele teria reagido a uma tentativa de assalto e baleado no peito.

ms_consms_consDe acordo com informações levantadas pelo Jornal RondoniaVip, o crime aconteceu na Rua Cujubim, região central da cidade. Segundo testemunhas, o médico foi abordado por um suspeito que anunciou o assalto, na saída do local de trabalho, uma clínica e próximo ao hospital onde Mauro faria plantão. A vítima estava acompanhada por uma funcionária, reagiu a abordagem e foi baleado no peito.

Segundo o médico do SAMU, que realizou os primeiros atendimentos, Mauro foi levado até o Hospital de Cujubim, onde foi preparado para ser levado para o Hospital Regional de Ariquemes. Chegando na unidade de saúde, seguiu diretamente para a sala de cirurgia. Apesar de todos os esforços das equipes médicas, Mauro Arantes não resistiu ao grave ferimento e morreu antes do procedimento ser concluído.

Violência sem fim
Desde a semana passada, Cujubim tem tido destaque negativo nas manchetes da imprensa brasileira e até estrangeira. No último dia 4 de abril, o jornalista e dono do site Veja Notícias, Ivan Pereira Costa, sofreu atentado a bala. Já na última segunda-feira (11) o proprietário do portal Cujubim 190, Lucas Bueno, que teve a casa invadida e sofreu tentativa de homicídio.

Rondoniagora