IMG-20150218-WA0073 (1)

Porto Velho, RO – A morte de um trabalhador chocou demais trabalhadores e passageiros de barcos do Rio Madeira. Airton de Castro Melo Junior, 39 anos, morreu na tarde desta quarta (18) enquanto trabalhava no Porto Cai N´água.

As informações colhidas no local dão conta que o homem estaria trabalhando como mergulhador, profissão esta que já exercia há anos. Em dado momento, Airton iniciou os trabalhos e mergulhou para conferir se o cabo de aço da balsa estava em perfeitas condições, em seguida emergiu à superfície, procedimento este que realizou por duas vezes, porém, na terceira vez que mergulhou, Airton demorou para retornar e companheiros de trabalho puxaram a corda que estava amarrada ao seu corpo para ver se ele respondia, porém, não obtiveram retorno. Fora recolhida toda a corda e quando o corpo boiou, Airton já estava morto e apresentava um grande ferimento no lado esquerdo do rosto.

A equipe da perícia técnica da Polícia Civil esteve no local e durante os trabalhos de praxe, pôde-se constatar que o grave ferimento possivelmente tenha sido causado por um cabo de aço que seria da balsa. Após serem realizados os trabalhos de praxe, o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal.

News Rondônia