“Neguinho” e “Doceiro” são apontados como responsáveis

DSCN3601Por volta das 21h15 desta quarta-feira (18) uma mulher de 32 anos foi abordada por um indivíduo conhecido pelo apelido de “Neguinho” em uma moto CG prata. Segundo ela, Neguinho tem uma dívida e a chamou para ir até sua casa para lhe pagar.

Na residência, que fica no bairro Embratel, Neguinho e outro elemento conhecido como “Doceiro” a agarraram e, de posse de uma faca, a arrastaram para o interior. Ambos a estupraram das 22h às 5h40.

Quando ela conseguiu escapar contatou a polícia militar, mas não soube explicar a localização da residência. Ela ainda disse que roubaram seus pertences e negou ser levada ao Hospital Regional para exame e atendimento médico. Os elementos não foram encontrados.

Por Hernán Lagos