Padrasto é acusado de estuprar enteada de 7 anos no bairro Embratel

2013-10-29T18:56:10+00:0029 outubro, 2013|

Ele mandava que ela deixasse as pernas abertas, senão bateria nela

menina-estupradaPadrasto foi detido nesta segunda-feira (29) no Hospital Regional, casal mora na Av. Tancredo Neves no bairro Embrate.

A professora da criança, informou para a mãe Vilma, que há alguns dias sua filha estava apresentando um comportamento diferente na sala de aula. Estava sempre triste e retraída e nem brincava mais com os coleguinhas.

Vilma foi conversar com sua filha para saber o que estava acontecendo e a filha contou que o padrasto Leandro Junior da Silva, de 29 anos, a teria levado para o quarto algumas vezes, a colocava na cama, tirava a roupa dela e fazia sexo oral perguntado se ela estava gostando. Também dizia que, quando ela crescesse, ele iria fazer mais vezes. Quando ele ia colocar o “dedo” ela fechava as pernas, porque sentia dores, mas ele mandava que ela deixasse as pernas abertas, senão bateria nela. Ele também ordenava para não contar à mãe, senão ela iria ficar zangada com ele.

A mãe, desesperada, conversou com Leandro e ele negou. Ela o levou para o Hospital Regional junto com a criança. Ele não sabia que a intenção era passar pelo médico para provar se foi ou não estuprada. Lá ele foi detido pela Polícia Militar na recepção.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Por Hernán Lagos

Foto: ilustrativa[/tab]
[/tabs]

[print-me]

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br