Ele estaria forjando provas comprometendo a investigação da Operação Stigma
image
[dropcap]O[/dropcap] ex-secretário de saúde Vivaldo Carneiro Gomes teve a prisão preventiva decretada pela Justiça Federal e está preso na Delegacia de Polícia Civil. Ele foi até a Polícia Federal espontaneamente e acabou preso.

Fontes informaram que o ex-secretário municipal de saúde estava forjando provas, entre outros delitos, por isso foi decretada a prisão preventiva, ou seja, não tem prazo para sair da prisão.

Momento em que Vivaldo entra na Casa de Detenção

Momento em que Vivaldo entra na Casa de Detenção

Vivaldo foi arrolado na investigação da operação Stigma após o depoimento do empresário Jair José de Souza da Tend Tudo. Segundo as investigações para cada contrato entre a empresa e a Prefeitura, eram cobrados 10% de propina. Entre os acusados de receber o “Pixuleco” (propina) estão Vivaldo Carneiro Gomes, Nicolau Junior, Bruno Pietrobon e Gustavo Valmorbida.

Da redação do Rondônia em Pauta