morte

Um policial militar foi preso na madrugada desta sexta-feira em Porto Velho após um suposto disparo acidental que vitimou a própria esposa, Cleide Pereira da Silva, atingida no rosto. Segundo a ocorrência 4567-2014, apesar de ter sido o próprio autor do fato quem pediu socorro ao Ciop (Comando de Policiamento), ele estava visivelmente embriagado.

O caso aconteceu na Rua Paulo Leal, Bairro Nossa Senhora das Graças, na região central de Porto Velho. Policiais informaram que foram acionados para verificar uma suposta tentativa de homicídio e ao chegarem ao local, encontraram a mulher no chão atingida com disparo de uma pistola. 40. O marido da vítima, policial Railson Felipe Evangelista Pinheiro Paes, 25 anos, informou que chegou em casa com a mulher, tirou a pistola da cintura e ao manusear disparou acidentalmente. Ele então ligou para o Ciop.

O policial, que atua em União Bandeirantes, foi detido e levado à Central de Polícia.

Rondônia Agora