Após três pessoas serem atingidas por disparos de arma de fogo em um bar na Avenida 1713, no bairro Jardim Primavera em Vilhenam, na noite desta sexta-feira (14). Onde duas vieram a óbito e outra foi atingida no braço, policiais militares do Núcleo de Inteligência da PM (N.I) obtiveram informações que um dos autores do disparo era conhecido pelo apelido de “Dedé”.

Com essa informação, os policiais levantaram que “Dedé” tratava-se de M.B.C, que faz uso de tornozeleira eletrônica e tem diversas passagens pela polícia, incluindo tráfico de entorpecentes.

Os policiais militares também obtiveram informações que o outro envolvido é um menor de idade, mas este não foi localizado.

Após intensas buscas os militares conseguiram localizar e prender “Dedé” e constataram que a tornozeleira que estava utilizando não emitia sinais. “Dedé” e o menor, apontado como autores dos homicídios, estiveram anteriormente no bar ingerindo bebidas alcoólicas. O conduzido não quis dizer aos policiais o paradeiro do menor e nem da arma utilizada no crime.

No crime morreram Sidnei Teles Dias, 35 anos, e uma mulher conhecida como Márcia. Eliana Alves Pereira dos Santos, 49 anos, que estava ingerindo bebidas alcoólicas com Sidnei no bar, foi alvejada no braço, foi atendida no Hospital Regional e está fora de perigo.

Fonte: 3BPM