Polícia Federal cumpre mandado na casa do presidente do Mixto

2014-02-20T08:32:00+00:0020 fevereiro, 2014|

eder-300x225Na véspera de um jogo decisivo, e de difícil missão, o Mixto vive um dia agitado nos bastidores em função de uma operação da Polícia Federal que, entre outros, tem como ‘alvo’ o presidente alvinegro, Eder Moraes. É a 4ª fase da operação “Ararath”, cumprindo, ao todo, 24 mandados de busca e apreensão nos estados de Mato Grosso, Goiás, São Paulo, além do Distrito Federal.

De acordo com o site Gazeta Digital, pelo menos 3 pessoas são alvos desta nova etapa das investigações e receberam equipes da PF em suas residências. São elas o ex-secretário Éder Moraes e os empresários Sérgio Braga de Campos e Fernando Mendonça.

Moraes esteve na sede da PF nesta manhã e disse estar “à disposição” da PF “para qualquer esclarecimento”.

Outro empresário envolvido na Operação é Jorge Pires de Miranda.

Ainda em Mato Grosso, os agentes estiveram na sede de uma empresa na cidade de Diamantino (208 km a médio-norte da Capital) e em outra, na avenida Historiador Rubens de Mendonça.

Os trabalhos da operação foram iniciados em 12 de novembro do ano passado, quando 11 mandados de busca e apreensão foram cumpridos. O principal alvo à época era o empresário Júnior Mendonça. Embora o processo corra sob segredo de Justiça, a Polícia Federal afirmou que a investigação apura supostos crimes financeiros.

No final do mesmo mês, outros 7 mandados foram cumpridos, entre eles contra o então presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran/MT), Gian Castrillon e o juiz federal Julier Sebastião da Silva.

Já em dezembro, na 3ª fase da operação, outros 7 mandados foram cumpridos, em 3 municípios.

Craques do Futebol

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br