fotomate 2

Para o comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel PM Almeida, se faz necessária a divulgação de ocorrências policiais para que todos possam tomar conhecimento das ações da Polícia no combate ao crime organizado. A nossa missão, disse ele, é preventiva e ostensiva, mas diante do crime, como polícia, devemos agir dentro da legalidade para combater os que vivem a margem da Lei.

Segundo ele,  guarnições do Batalhão Belmont, tiveram êxito em desbaratar uma quadrilha de assaltantes na última semana. A ação foi comandada pelo cabo Heleandro auxiliado pelos policiais militares Henrique e Costa.

Em patrulhamento de rotina pelo Bairro Alphaville,  em Porto Velho, ao passar pela Rua Décima Avenida, próximo ao estacionamento de um supermercado, avistou um veículo Corolla que acabara de ser roubado, estacionado. A guarnição esperou que os elementos saíssem do supermercado, para não por em risco as pessoas naquele estabelecimento.

Após alguns minutos se aproximaram do veículo roubado. Dentro dele estavam dois elementos com sacolas de compras;  um deles era Francisco Valdenilson Fernandes de Brito e o outro Sandro Santos da Costa que foram indagados sobre a procedência do carro. Os suspeitos disseram que haviam pego o veículo com um amigo, porém a esposa do dono do carro informou que eles haviam levado o seu esposo na hora do roubo e que ele não havia aparecido até aquele momento.

Indagado os meliantes sobre a localização da vítima, eles informaram que o deixaram na linha 21 estrada da penal amarrado. Foi feito deslocamento ao local indicado pelos assaltantes, mas a vítima não se encontrava mais no local, nesse momento os assaltantes reagiram e tentaram empreender fuga, mas foram capturados novamente.

Contato

A esposa da vítima informou ao CIOP  que a vítima Carlos estava próximo ao parque ecológico, então a guarnição seguiu para o local e os meliantes finalmente foram reconhecidos pela vítima. Carlos disse ter passado horas de tortura e espancamento e o tempo todo sob a mira de armas. Ao passar pelo local uma motocicleta foi reconhecida pela vítima como sendo o terceiro agente do roubo Antonio Glailson dos Santos Azevedo que também recebeu voz de prisão e constatado que a motocicleta que conduzia pertencia ao conduzido Sandro.

Foram realizadas  encontrado na residência de Francisco outro veículo roubado HB 20 de cor branca, placas NON-1578 que estava com a placa adulterada, sendo a placa original NCN-1576. Encontrava-se na residência a esposa  de Francisco – Vanessa Lúcio de Brito – or estar portando uma pistola Cal.40 e haver na residência vários objetos de procedência duvidosa também foi conduzida a delegacia. Diante dos fatos foi dada voz de prisão aos suspeitos, encaminhados para o registro da ocorrência policial de nº 5822-2014.    

Assessoria