Crime foi registrado em novembro do ano passado, em uma fazenda. Foragido já tem condenação por homicídio e ocultação de cadáver.

Zenildo está foragido da Justiça — Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil procura por Zenildo Duarte Batista, suspeito de matar a pauladas o amigo Roberto de Souza Barros. O crime foi registrado em novembro do ano passado, em uma fazenda de Vilhena (RO), na região do Cone Sul. A prisão de Zenildo foi decretada pelo Judiciário, mas ele ainda não foi encontrado. A polícia divulgou a fotografia do suspeito na quinta-feira (6).

De acordo com as investigações, Roberto e Zenildo eram amigos e foram trabalhar na mesma fazenda. Na noite do dia 13 de novembro, houve uma confraternização entre os funcionários da fazenda. No fim da festa, segundo testemunhas, ficaram apenas Roberto e Zenildo.

No dia seguinte, Roberto foi encontrado inconsciente, com ferimentos graves na cabeça. Já Zenildo, conhecido como “Paraguai”, desapareceu com uma motocicleta da fazenda. O veículo foi localizado em Espigão do Oeste (RO).

Roberto, na época com 34 anos, foi levado para o Hospital Regional de Vilhena e depois encaminhado para o Hospital de Urgência e Emergência Regional (Heuro) de Cacoal (RO), onde morreu dias depois. A Polícia Civil acredita que os amigos discutiram em virtude da ingestão de bebidas alcoólicas e Zenildo tenha praticado o crime.

Zenildo foi indiciado por homicídio qualificado e furto. Segundo a Polícia Civil, ele já tem condenação por homicídio e ocultação de cadáver na comarca de Juína (MT).

As pessoas que tiverem informações sobre Zenildo podem denunciar à Polícia Militar (PM) pelo 190 ou Polícia Civil, através do 197. Não é necessário se identificar.

G1 – RO