Polícia registra cinco casos graves de violência doméstica em uma noite em Rondônia

2018-08-19T13:19:57+00:0019 agosto, 2018|Categories: Policial, Rondônia|

Casos de agressão foram registrados em Porto Velho e no interior do estado. Português que vive ilegal no Brasil é um dos presos por agressão a esposa.

Caso ocorrido em Porto VelhO foi registrado na Central de Polícia (Foto: Pedro Bentes/G1)
Caso ocorrido em Porto VelhO foi registrado na Central de Polícia (Foto: Pedro Bentes/G1)

Cinco casos graves de violência doméstica foram registrados pela Polícia Militar (PM), em uma única noite, de sábado (18) para domingo (19), em Rondônia. Uma das ocorrências foi registrada em Porto Velho, em uma casa localizada na Rua Krato, no Bairro Lagoinha, Zona Leste da capital.

A vítima, uma mulher de 34 anos, foi agredida pelo marido, de 55 anos. Segundo registro de ocorrência, a mulher disse que dormiu na casa de uma amiga e, quando retornou, no dia seguinte, foi agredida pelo marido. O filho do casal, uma rapaz de 16 anos, tentou impedir que o pai batesse na mãe e também sofreu agressão.

À PM, a mulher informou que o marido ingeriu bebida alcoólica e mandou ela voltar para a casa da amiga, em seguida passou a agredi-la. Vizinhos do casal seguraram o agressor e acionaram a PM. O caso foi registrado na Central de Polícia.

Santa Luzia do Oeste

Um outro caso de violência doméstica foi registrado em Santa Luzia do Oeste, no km 1 da RO-383, na saída para Alta Floresta. A vítima, uma mulher de 36 anos, narrou que o marido, de 27 anos, agrediu e tomou-lhe o filho, de um ano e quatro meses.

Segundo a vítima, ela já representou o marido três vezes por violência doméstica e admitiu sentir medo dele. O homem ainda tentou agredir um policial, mas acabou preso.

Guajará-Mirim

Também houve registro de agressão na região de Guajará-Mirim. O caso aconteceu na Rua Toufic Melhem Bouchabik, no Bairro Jardim das Esmeraldas. Segundo a polícia, o suspeito, de 29 anos, queria a moto da ex-mulher, de 40 anos, e, como ela não cedeu, o suspeito quebrou a carenagem e uma das lanternas do pisca da moto. Ele foi denunciado e preso.

Cacoal

Em Cacoal, um homem de 29 anos foi preso depois de tentar espancar a esposa, de 21 anos, grávida seis meses, e o irmão dela, de 16 anos. O caso aconteceu na área rural da cidade.

Segundo boletim de ocorrência, o homem chegou tarde do trabalho, a mulher questionou e os dois discutiram. O homem pegou uma faca e fez ameaças a esposa, os dois começaram a brigar. O irmão da vítima interviu, segurando o suspeito.

O homem então correu para pegar uma espingarda. Os irmãos correram para o mato e, chegando à BR-364, pediram socorro a quem passava por lá. Uma pessoa atendeu aos apelos dos dois e acionou a PM, que localizou o suspeito em cima de um pé de manga. A espingarda estava dentro da casa e foi apreendida.

Seringueiras

O quinto caso de violência doméstica foi registrado em Seringueiras, Linha 108, em um boteco, na área rural da cidade. A vítima, uma mulher de 49 anos, diz que foi agredida pelo esposo, que a empurrou, causando lesão em um dedo.

Segundo ela, o homem usava palavras de baixo calão. Com o suspeito, a polícia apreendeu uma espingarda calibre 36. De acordo com a enteada do homem, ele tem 49 anos, é de origem portuguesa, e está ilegal no Brasil.

Por G1 RO, Porto Velho

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br