Policial Militar é morto a tiros por agente penitenciário em Porto Velho

2013-08-23T10:50:14+00:0023 agosto, 2013|

1O assassinato do policial militar Francisco Garcia Galvão, de 39 anos, aconteceu na noite de quinta-feira (22) no Bairro Areal, região central de Porto Velho, em um ponto denominado “Beco da Salgado”, quando o acusado, o agente penitenciário Fabrício Borges Mendes, efetuou pelo menos cinco disparos contra o policial, que morreu após ser socorrido e conduzido ao pronto socorro do Hospital João Paulo II.

2

Depois do crime, o agente penitenciário fugiu do local e foi preso juntamente com dois comparsas, identificados como Michel Romário, de 23 anos, e André Borges, maior e de idade não divulgada, que deram fuga e esconderam a moto usada no crime.

 Garcia fazia “bicos” (trabalho extra) de segurança em estabelecimentos comerciais e escolta de valores para empresários. Um de seus locais de trabalho era nas proximidades de onde foi morto.

 Os três suspeitos foram levados para a Central de Polícia e apresentados com acompanhamento de seus respectivos advogados ao delegado plantonista.

 Na delegacia Fabrício disse que se sentiu ameaçado com a presença de Garcia e depois de proferir algumas palavras passou a atirar. O acusado disse que não sabia que a vítima era policial. O caso será repassado para a delegacia de homicídios.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Fonte: Rondoniaovivo[/tab]
[/tabs]

[print-me]

Um comentario

  1. MARCIO LOPES 23 agosto, 2013 at 10:54 pm

    o assassino é Socio Educador …. nao Agente penitenciario ….

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.