Na noite de sexta-feira (21) foi realizada a Operação Lei Seca no município de Colorado e no sábado (22), em Vilhena. As Operações foram desencadeadas através do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (DETRAN RO), por meio da Circunscrição Regional de Trânsito (CIRETRAN) de Vilhena, com o apoio dos militares do 3º BPM.

As operações se iniciaram com uma preleção na CIRETRAN em Colorado e em Vilhena, respectivamente, com o objetivo de orientar cada Policial e Agente do DETRAN RO sobre a execução da missão e determinar as funções de cada um. Após isso os Policiais Militares se deslocaram até os locais das Blitze, para dar início à fiscalização.

Operação em Colorado

Foram realizadas apenas atividades de caráter educativo, sem abordagens a veículos, mas à pessoas que transitavam na rua e também àquelas que estavam nas lanchonetes do município.

Durante a operação foram abordadas 72 pessoas, que foram conscientizadas sobre os perigos da ingestão de bebidas alcoólicas e condução de veículos automotores, além de serem ofertadas o teste do etilômetro (bafômetro) para fins de conhecimento.

Operação em Vilhena

As abordagens durante a operação aconteceram de forma itinerante e educativa. Foram realizadas no centro de Vilhena e 201 pessoas foram abordadas. Os testes de etilômetro foram realizados pela mesma pessoa antes e depois de beberem, para apontar o nível de álcool no sangue.

Os participantes voluntários em que não houveram constatação de alcoolemia alveolar, ou seja, a concentração de álcool etílico na corrente sanguínea de uma pessoa mediante a análise do ar pulmonar profundo, também puderam fazer fotos com as placas escritas “#DeuZero”, como forma alusiva à mensagem sobre não beber e dirigir.

O Tenente PM Andrade, comandante da operação em Vilhena, explica que as pessoas abordadas gostaram de participar da Blitz Educativa e aproveitaram para tirar suas dúvidas. “As pessoas foram muito participativas, tiramos a dúvidas sobre o que é infração

e crime e explicamos sobre o procedimento em caso de recusa de realizar o teste de etilômetro, foi muito proveitoso”, destacou o militar.

Assessoria do 3º BPM