Presidiário coloradense que disse ser torturado e ficado tetraplégico no Acre é preso em Vilhena por agredir a própria mãe