Num primeiro instante, o motorista apresentou nota de outra carga

Por volta das 10h30 desta terça-feira (16), no Km 1 da BR-364 em Vilhena, uma equipe da Polícia Rodoviária Federal – PRF abordou o motorista de uma carreta Volvo/FH, branca, carregado de sacos de cimento.

Aos policiais, o motorista apresentou nota fiscal de 1080 sacos de cimento de 50 kg, e foi solicitado a retirada da lona dos dois semirreboques para verificação.

Ao subir nos reboques foram observados vários fardos de mercadorias. O cimento ocupava menos da metade da parte inferior.

O condutor declarou que se tratava de peças de confecção (roupas de cama, mesa e banho) provenientes de Goiânia/GO com destino a cidades de Rondônia e o Acre e que não possuía nota fiscal desse material.

Os policiais encaminharam o veículo até a Sefin para fazer o levantamento das mercadorias sem nota fiscal.

Após cinco horas de conferência, a equipe da Sefin apurou 5.785 peças de confecção.

Da redação do Rondônia em Pauta