Motorista estava há 48 horas dirigindo

Em abordagem de rotina no Km 1 da BR-364 em Vilhena, por volta das 16h desta quinta-feira, 31 de outubro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) percebeu que o motorista L.B.M., de 53 anos, natural de Minas Gerais, demonstrou nervosismo.

Devido a isso, os policiais procederam a fazer uma revista minuciosa na carreta, fiscalizar o disco de tacógrafo e fazer uma busca na boleia da carreta onde foram encontrados 113 comprimidos de anfetamina, popularmente conhecido como “arrebite”.

Ele transportava uma carga de morango, vindo de Minas Gerais, com destino a Rio Branco – AC.

O motorista declarou que estava há 48 acordado e só havia parado por duas horas pra “descansar”, quando o procedimento correto é aguardar no mínimo 11 horas parado, para seguir viagem.

A PRF lavrou o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), onde o motorista assinou e se comprometeu a comparecer no Juizado Especial Criminal da Comarca de Vilhena, para audiência. Também foi autuado com base no Código Brasileiro de Trânsito (CTB), autuação de trânsito por infringir a “lei do descanso”.

Da redação do Rondônia em Pauta, com informações e foto da PRF