Na tarde do último domingo (28) Policiais Militares do 3º BPM receberam as primeiras instruções sobre a tecnologia utilizada no Projeto Mobile, em Vilhena. A unidade foi contemplada com a destinação de 11 tablets.

Em breve, o Batalhão Governador Jorge Teixeira de Oliveira fará parte do projeto pioneiro dentro da Polícia Militar de Rondônia, em que será testada uma nova tecnologia para melhoria no atendimento da população.

Rondônia está na vanguarda, entre as primeiras Polícias Militares a implantarem a novidade e Vilhena é a primeira área do Cone Sul a  ser contemplada, tendo em vista que o 3º BPM foi a primeira unidade da PMRO a implantar o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) em 100% da área.

O projeto é inovador em nível de Brasil, já que em poucas Polícias Militares existem sistema parecido com este, tendo como referência nacional a Polícia Militar de Santa Catarina.

Como funciona?

A tecnologia consiste na informatização do atendimento, desde o início das chamadas telefônicas até o momento em que o policial, utilizando um tablet, registra a ocorrência no local do fato. Com isso espera-se atender a população de forma mais eficiente, trazer retorno mais rápido ao Poder Judiciário e também gerar dados estatísticos mais precisos.

Durante algum tempo funcionará em caráter experimental. A previsão é que na próxima semana toda tropa receba instruções de capacitação e em quinze dias os atendimentos sejam registrados via tablet, além de todo o despacho e telefonia serem controlados e informatizados.

Texto e fotos: Assessoria do 3º BPM