Após escândalo nacional, Expedito Júnior recebe moção de aplausos na Câmara de vereadores em Vilhena

2014-03-11T09:53:28+00:0011 março, 2014|

Três anos após ser cassado, o ex-senador ainda recebia benesses do senado

imageUma moção de aplausos descabida e vergonhosa para nosso município após o escândalo nacional protagonizado pelo ex-senador Expedito Júnior, denunciado pelo Jornal O Estado de S.Paulo. As benesses oferecidas pelo plano de saúde do Senado, pago exclusivamente com dinheiro do contribuinte, são estendidas até mesmo a senadores que foram cassados por suspeita de envolvimento em corrupção.

A Moção de Aplauso 001/2014 ao senhor Expedito Gonçalves Ferreira Júnior, ex-Senador da República, pela autoria do Projeto de Lei nº 253/2009, que regulamenta a transmissão, a qualquer título, de permissão para a exploração de serviço de táxi é de autoria do vereador Carmozino Taxista. O projeto implanta a hereditariedade da placa de taxista para os descendentes dos taxistas.

imageA moção ignora o escândalo em que Expedito Júnior está envolvido. Vereadores mostram sua conivência com a corrupção e dão as costas para a sociedade com esse ato. Pior, deixam o município de Vilhena em evidência a nível nacional, maculando a sua imagem. Após a moção, Expedito usou a tribuna para discursar sobre seus feitos e dizer aos vereadores: “Vocês são os representantes do povo”. Sobre o escândalo, não foi dito nenhuma palavra.

Leis mais:

Três anos após ser cassado, Expedito Júnior ainda recebia benesses do senado

Por Hernán Lagos
Jornalista profissional

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.