Órgão estava com elevado índice de pessoas infectadas e presidente da Assembleia Legislativa tomou decisão para proteger os servidores

Desde a quinta-feira, 4, a Assembleia Legislativa de Rondônia está com suas atividades suspensas tanto na parte interna como atendimento ao público. O fechamento do Poder Legislativo segue até o próximo dia 12. O presidente Laerte Gomes tomou a decisão para atender as recomendações de autoridades médicas e proteger os servidores. O prédio estava com elevado índice de pessoas infectadas. Segundo relato de profissionais da área pública e dos hospitais privados, não há mais leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponíveis e o número de infectados está crescendo agressivamente em Porto Velho.

Laerte Gomes empenhou-se durante a semana junto com os parlamentares para garantir mais 12 leitos de UTI através de Termo de Fomento com o Hospital do Amor. “Viabilizamos esses leitos com recursos economizados em nossa gestão, mas precisamos ter a responsabilidade de manter nossos servidores e a população protegida com o isolamento social”, disse o parlamentar.

Na Assembleia Legislativa, houve a notificação de casos de servidores com a Covid-19. Alguns estão se recuperando em hospitais.

Texto: Decom-ALE/RO
Foto: Diego Queiroz-ALE/RO