Mais de R$ 1 milhão: Padre Ton é o terceiro deputado que mais gastou sua cota de atividade parlamentar no país

2014-01-21T13:18:56+00:0021 janeiro, 2014|Categories: Em foco, Política|Tags: |

O gasto foi contabilizado após três anos de mandato. Deputado rondoniense é destaque na revista Veja desta semana.

Padre Ton (Foto: Hernán Lagos)

Padre Ton (Foto: Hernán Lagos)

A revelação veio na coluna Panorama: Holofote da edição 2357 desta semana da revista Veja:

Os gastões
“Depois de três anos de mandato, alguns deputados começam a ultrapassar a barreira do milhão de reais em seus gastos da cota de atividade parlamentar, que engloba despesas que vão de passagens aéreas à conta dos telefones dos gabinetes. O campeão é Raul Lima (PP-RR), com o dispêndio de 1,2 milhão de reais de dinheiro do contribuinte desde fevereiro de 2011. Ele é seguido por Johnatan de Jesus (PRB-PR), com 1,175 milhão e Padre Ton (PT-RO), com 1,169 milhão. Na ponta oposta da tabela, aparecem Miro Teixeira (PROS-RJ), que gastou 205 000, Nice Lobão (PSD-MA), com 85 860, e Reguffe (PDT-DF), que usou apensa 30 900 reais”.

Por Hernán Lagos

3 comentarios

  1. caciano 19 janeiro, 2014 at 5:05 pm

    existe dois tipos que não se pode votar um tipo é o líder religioso, o outro é o capeta, se livre destes tipos um já é desgraçado desde que traiu deus (o capeta) e o outro (líder religioso) se for serio não entra em politica.

  2. jose cardoso 20 janeiro, 2014 at 10:29 am

    PERDOE-ME OS LEITORES. NÃO SOU PARTIDÁRIO DO DEPUTADO PADRE TON, MAS SOU OBRIGADO, COMO ELEITOR DE RONDÔNIA A RECONHECER QUE ESSES GASTOS, DEVEM-SE AO FATO DE SER O DEPUTADO RECONHECIDAMENTE, QUE MAIS TRABALHOU, REIVINDICOU, ATUOU E VISITOU AS COMUNIDADES DO NOSSO ESTADO. JUSTIFICA-SE O USO DOS RECURSOS AQUI DEMONSTRADOS. CARDOSO-VILHENA-RO. (FAVOR PUB

  3. Mara Paraguassu 24 janeiro, 2014 at 12:58 pm

    Cardoso, ainda bem que existem pessoas sensatas como voce. Primeiro que de 513 deputados, a Veja deveria listar ao menos os dez que mais usam a cota para o exercicio de atividade parlamentar, previsto em lei, algo que está no Ato da Mesa Diretora. Padre Ton usa bem a verba legalmente prevista, porque simplesmente trabalha muito, e tenho dúvidas se ele é mesmo o terceiro. Posso assegurar que dos oito de Rondônia todos usam, e bem, essa cota. Não dá para comparar, também, deputado de Rondônia com o do Rio, gente. A cota para um e outro são diferenes por causa da distancia. Uma passagem Brasilia Rio é bem mais barata que Brasilia Rondonia! A democracia tem um custo, é cara sim, é assim também nos EUA, na Franaça, na Inglateerra etc. O que tem de ser avaliado é a qualidade do trabalho do deputado. Se ele usa algo que é licito, criado para dar suporte e apoio a seu trabalho, qual o problema? Padre Ton, como disse Cardoso, trabalha muito, visita os municípios todos os anos, coisa que muitos, mas muitos mesmo não fazem . Ele fiscaliza obras federais em andamento, trata de questões de titulos de terra, assentamentos, projetos para Rond^nia enfim, tudo que interessa às pessoas. Ele recebe muitas demandas dos eleitores e cumpre os compromissos com eles. Existem muitos, mas muitos depuatdos que simplesmente se elegem e nunca mais pisam os pés na terra que os elegeu.

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br