O prefeito de Vilhena, Zé Rover, esteve reunido em audiência, em Brasília, na tarde desta quarta-feira (04), com o Ministro das Cidades, Gilberto Occhi. 

foto (2)

Crédito da Foto: Marco Antônio

O encontro resultou em excelente notícia para o município: a liberação do recurso para a construção de mais 300 Casas Populares, através do Programa “Minha Casa Minha Vida”.

O projeto já havia sido aprovado e incluso no orçamento do Governo Federal na semana passada, quando o prefeito esteve visitando o Ministro. Agora, o projeto foi encaminhado para o Tesouro Nacional para pagamento do recurso. Rover esteve acompanhado pelo Senador Ivo Cassol, o Deputado Federal Carlos Magno e os vereadores José Garcia, Marta Moreira e Célio Batista.

O processo de construção das casas havia sido encaminhado pela Prefeitura de Vilhena, solicitando 415 moradias, mas a limitação orçamentária federal só permitiu a liberação de 300 de imediato e as demais unidades ficaram para o exercício de 2015. “Estamos enfrentando contingencionamento de recursos em todas as áreas por determinação da presidente, mas o pedido de Vilhena é anterior ao problema e o município está em dia com todas as prestações de contas, então conseguimos remanejar de outros municípios do país e garantir a construção destas casas ainda neste ano”, afirmou o ministro.

O recurso total soma cerca de R$ 18 milhões, que contempla além das casas, toda a parte de infraestrutura, como pavimentação e drenagem. “O Residencial Moura, como foi denominado, faz parte de um programa habitacional ousado, onde temos a meta de entregar duas mil casas populares até 2016 e estamos correndo atrás dos recursos para cumprir nosso objetivo”, destacou o prefeito.

Semcom