O presidente da Câmara de Vereadores de Vilhena, Adilson de Oliveira (PSDB) emitiu nota sobre a determinação judicial do desembargador Oudivanil de Marins do Tribunal de Justiça de Rondônia, que decidiu autorizar a posse dos vereadores eleitos Angelo Mariano Donadon Junior (PSD), Carmozino Alves Moreira (PSDC) e Vanderlei Amauri Graebin (PSC) que se encontram presos.

Os vereadores Junior Donadon e Vanderlei Graebin necessitarão de escolta policial de Porto Velho até Vilhena, para tomarem posse, e todas as despesas de translado serão pagas adiantadas pelos dois vereadores, não causando ônus à câmara de vereadores nem ao sistema carcerário de Rondônia.

Leia a nota:

NOTA DO PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES

“ Por meio desta a Câmara de Vereadores de Vilhena, através de seu presidente, comunica que acatará a determinação do Tribunal de Justiça de Rondônia, por meio da decisão do desembargador Oudivanil de Marins, promulgada no último dia 12 de janeiro, e que autoriza a posse dos vereadores reeleitos Junior Donadon, Carmozino Alves e Vanderlei Graebin.

A posse se dará na Câmara de Vereadores ainda em data e horário incerto, mas com prazo até o dia 16 de janeiro, como segue a determinação judicial.

A Câmara de Vereadores entende que os poderes legislativo, executivo e judiciário são independentes, mas devem trabalhar em harmonia e a postura de respeito entre eles é fundamental para o bom andamento do Estado de Direito e da Democracia.

Contudo, é fundamental que todos os poderes observem os anseios da população e trabalhem sempre em prol dos interesses do povo.”

Presidente da Câmara
Vereador Adilson

DECOM – Câmara de Vilhena