Servidores públicos estaduais em greve vaiam autoridades governistas em Vilhena