Manifestação teve início na terça-feira (22) com bloqueio parcial de rodovias em todo o estado. Com decisão da Justiça Federal, caminhoneiros deixaram as vias.

Rodovias são liberadas, mas caminhões permanecem parados em posto de combustível em RO (Foto: Eliete Marques/ G1)

O último ponto de bloqueio na BR-364 foi desfeito na noite de sábado (26) em Rondônia. Os manifestantes que estavam concentrados na rodovia próximo a Candeias do Jamari retiraram os caminhões da estrada, permanecendo nas margens da BR. A greve dos caminhoneiros teve início no estado na terça-feira (22) em protesto contra o preço do combustível.

Com a liberação das estradas, devido leitura da ordem da Justiça Federal para desobstrução das rodovias, os caminhões de combustível puderam abastecer os postos em diversas cidades, gerando filas de automóveis ainda na noite do sábado.

Filas se formam em posto de combustível de Porto Velho para abastecimento

Filas se formam em posto de combustível de Porto Velho para abastecimento

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, PRF, para a retirada das barricadas das rodovias foi realizada a “Operação Rodovia Segura”, que tinha como objetivo garantir a ordem; previnir a interdição das vias; garantir prioritariamente o fluxo de veículos de carga transportando combustíveis pra aeroportos, usinas termelétricas e materiais hospitalares; e acompanhar os oficiais de justiça da Justiça Federal na notificação dos organizadores e participantes dos bloqueios.

Nos cinco dias de bloqueios, foram parcialmente interditadas as BR-364, BR-421, BR-429 e a Estrada do Belmont, em Porto Velho, que liga a capital aos portos fluviais, por onde o combustível entra no estado.

Caminhões voltaram a fazer distribuição de combustível nos postos (Foto: Pedro Bentes/ G1)

Caminhões voltaram a fazer distribuição de combustível nos postos (Foto: Pedro Bentes/ G1)

Veja como está neste domingo:

Energia

Cerca de 50 mil residências ficaram sem energia elétrica durante a sexta-feira (25) em sete municípios de Rondônia devido a falta de óleo diesel para abastecer as usinas termelétricas. No sábado, com a liberação da Estrada do Belmont, caminhões de combustível foram escoltados pela BR até essas usinas, para garantir o retorno da geração de energia.

A assessoria da Eletrobras Distribuição Rondônia afirma que as localidades atendidas por usinas termelétricas, os chamados sistemas isolados, precisam receber diariamente caminhões de diesel. Enquanto o fornecimento desse combustível não normalizar, o diesel que já chegou nessas localidades ainda será utilizado de forma racionada.

Caminhão de combustível é escoltado até usina termelétrica em RO (Foto: Reprodução/ Rede Amazônica)

Caminhão de combustível é escoltado até usina termelétrica em RO (Foto: Reprodução/ Rede Amazônica)

Saúde

Para garantir o abastecimento de ambulâncias, para atender casos de urgência em Porto Velho, um caminhão com combustível foi instalado na base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Coleta de lixo

Segundo a Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), o recolhimento do lixo na capital não foi afetado pois os caminhões que realizam coleta de lixo em Porto Velho têm combustível disponível para realizar os trabalhos até a próxima quarta-feira (30).

Portos fluviais

No terminal portuário de Porto Velho muitas cargas estão paradas desde a última quarta-feira (23). Ao todo, são 20 terminais, sendo dois públicos e 18 privados que esperam poder operar na próxima segunda-feira (28) com o fim da greve e desbloqueios da Estrada do Belmont e BR-364 em Candeias do Jamari.

Segundo o administrador do porto municipal de Porto Velho, 85% da carga são de grãos que já deveriam ter saído de Porto Velho. São carregados, em média, 300 caminhões por dia. Além de cargas de grãos e outros produtos, balsas com combustível também estão paradas aguardando para carregar os caminhões com destino aos postos na capital.

Balsas aguardam por carga e descarga em portos de Porto Velho (Foto: Reprodução/ Rede Amazônica)

Balsas aguardam por carga e descarga em portos de Porto Velho (Foto: Reprodução/ Rede Amazônica)

Postos de combustível

Ainda na noite do sábado alguns postos de combustível foram abastecidos, gerando grandes filas de automóveis. Rondônia passou toda a sexta (25) com quase todos os postos fechados.

Por G1 RO