Cerejeiras vai receber Banco do Povo com empréstimo de até R$10 mil

2013-05-08T16:54:17+00:0008 maio, 2013|
Deputado Luizinho com vereadores e o presidente da ACIC Vanderlei Betoni

Deputado Luizinho com vereadores e o presidente da ACIC Vanderlei Betoni

[pullquote]Empréstimos podem chegar a R$ 10.000,00 de 12 a 30 parcelas, com carência para primeiro pagamento de 30 a 90 dias[/pullquote]

[dropcap]D[/dropcap]eputado Luizinho conseguiu, com Associação Comercial, imóvel para instalar a entidade financeira de microcrédito

O deputado Luizinho Goebel (PV) esteve na semana passada reunido com vereadores e com o presidente da Associação Comercial e Industrial de Cerejeiras (ACIC) para anunciar que o governo atendeu solicitação de sua autoria e vai implantar em Cerejeiras uma agência do Banco do Povo de Rondônia, assim como vai ocorrer em Vilhena.

Em negociação com a Associação Comercial ficou decidido que a entidade vai funcionar em uma sala da própria Associação Comercial de Cerejeiras, cedida pela entidade. “O deputado Luizinho nos procurou e nós disponibilizamos uma sala para que o Banco do Povo possa ser instalado em Cerejeiras”, disse o presidente da ACIC, empresário Vanderlei Betoni, que já determinou a reforma do imóvel. A data da instalação ainda não está definida, dependendo apenas os trâmites burocráticos para ser efetivado.

O Banco do Povo tem como principais parceiros o Governo de Rondônia, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social (Sedes), o Fundo ao Apoio ao Empreendimento Popular de Ariquemes (Faepar). É uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), voltada para operar com microcrédito através de empréstimo que pode variar de R$ 300,00 a R$ 10.000,00, sendo obtido sem burocracia, em um prazo de pagamento de 12 a 30 parcelas, com carência para primeiro pagamento de 30 a 90 dias, dependendo do ramo de negócio, e com taxa de juros de 2% ao mês, sendo que para o pagamento em dia a taxa é de 1,5 % ao mês e para atividades rurais é de 1% ao mês.

O requerente não pode ter renda superior a R$ 120 mil nem restrições nos órgãos de proteção ao crédito. Tem que trabalhar por conta própria há mais de seis meses; residir e desenvolver sua atividade econômica no estado de Rondônia, residir há mais de dois anos no Estado de Rondônia e ter endereço fixo. Os recursos podem ser aplicados em capital de giro (aquisição de mercadorias, matérias primas e insumos), ou aplicação em capital fixo (aquisição de equipamentos para serem utilizados na atividade ou melhoria de instalações).

Para o deputado Luizinho o Banco do Povo vai ajudar a aquecer a economia da região injetando recursos tanto nas atividades rurais como no comércio. Alguns dos municípios que já têm Banco do Povo são: Ariquemes, Alvorada do Oeste, Machadinho, Ouro Preto do Oeste, Ji-Paraná, Cacoal, Porto Velho. O deputado afirmou também que Vilhena também será contemplada uma unidade do Banco do Povo de Rondônia.

[tabs]
[tab title=”Rondônia em Pauta”]Da assessoria[/tab]
[/tabs]

[print-me]

Um comentario

  1. Simulador Financiamento 6 março, 2014 at 10:07 pm

    Por favor, como podemos entrar em contato com o departamento de vendas da empresa?

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br