Na noite desta quarta-feira 25, aconteceu no auditório da Câmara Municipal de Vereadores de Colorado do Oeste, uma reunião de trabalho convocada pelo Secretário Estadual de Agricultura Evandro Padovani, onde reuniu suinocultores, produtores, técnicos do Idaron, Emater, Seagri, Prefeitura, Vereadores, Associações e interessados.

colorado[dropcap]A[~/dropcap] reunião foi aberta com uma palestra ministrada pelo Gerente de Inspeção da Agência Idaron Fabiano Alexandre dos Santos, onde explanou sobre a necessidade de manter a atenção quando a sanidade do animal e das instalações, em relação. O estado de Rondônia está entre as 14 unidades da federação que o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) pretende indicar para reconhecimento internacional como área livre de Peste Suína Clássica (PSC), exigência da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) para que o produto possa ser exporta. “Já somos livres da peste suína, mas ainda não nos foi concedido o reconhecimento internacional. Por hora nosso reconhecimento se dá a nível nacional”, afirma Fabiano.

Dando seguimento ao círculo de palestras, o diretor executivo da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Nilo de Sá, apresentou números do atual cenário que se encontra a carne suína nacionalmente, e expectativa de crescimento no setor, alertando para a rentabilidade para os produtores. Nilo, ainda destacou a importância da mobilização da iniciativa privada e poder público, para a fomentação do segmento no Estado.

Ainda foram discutidos alternativos para fomentar a produção, os produtores puderam questionar sobre a carga tributária e a falta de incentivo para os criadores, que ao contrário acontece para os bovinocultores, recebendo como resposta do governo que as demandas serão levadas até o Conselho de Desenvolvimento.

O prefeito de Colorado do Oeste, parabenizou o secretário Evandro Padovani pela iniciativa, ressaltando que esse encontro é um importante passo para facilitar a expansão e valorização do segmento, “ Hoje Rondônia é um exemplo de qualidade de seus produtos, isso ocorre na carne bovina, exportamos milhões de toneladas, e isso que ocorre hoje aqui é um passo para que a suinocultura um dia chegue a esses patamares, incentivos fiscais, uma sanidade animal rigorosa e outras ações colocarão nossa produção suína logo no cenário nacional, e a prefeitura estará presente nesse processo, como facilitadora e apoiadora, já fizemos isso doando a área para a construção do frigorifico e nos colocamos para caminharmos juntos nessa empreitada”.

Ainda estiveram presentes o presidente do Idaron José Volpi, servidores da agencia, o Coordenador do Conselho de Indústria e Comércio Rubens Nascimento, o chefe da Sedam Orlando Silva, além de técnicos de diversas unidades da Emater de outros municípios, assim como a Gerente Regional Enoelma Nunes, vereadores, empresários e representantes de empresas dos segmentos de rações.

Assessoria