Colorado: justiça julga improcedentes denúncias de oposição contra Anedino e Josemar

2013-07-10T16:18:07+00:0010 julho, 2013|

A tentativa de tomada de mandato por parte dos candidatos derrotados nas urnas fracassou, jogando pelo ralo a tentativa de chegar ao paço municipal na base do tapetão.

101_0008A magistrada julgou a ação improcedente por não estar comprovado que os acusados praticaram abuso de poder mediante oferecimento de vantagens e utilização de dinheiro público para desequilibrar o pleito eleitoral de 2012.

Na ação, o PT acusou a dupla de cometer abuso de poder econômico na campanha eleitoral de 2012. Quatro casos foram citados na referida ação. As denúncias, porém, não foram comprovadas, o que levou a Juíza Eleitoral Márcia Regina Gomes Serafim proferir a ação improcedente. O julgamento aconteceu na sexta-feira, 05 de julho, e a decisão foi publicada no Diário Oficial da Justiça Eleitoral de Rondônia nesta terça-feira, 09.

Os petistas acusam Anedino e Josemar de ter utilizado, na campanha eleitoral, um veículo adesivado para transportar alunos na Linha Zero Dois, segunda eixo, na escola Planalto; o prefeito e vice também são acusados de ter colocado à disposição da população coloradense, no dia 07 de setembro de 2012, um ônibus pertencente ao Município para ir até a cidade de Pimenteiras do Oeste com a finalidade de participar do festival de praia; consta também que Anedino, na condição de prefeito, nomeou um servidor para cadastrar todas as famílias carentes no programa Bolsa Família, mas na verdade o servidor trabalhava no comitê eleitoral dos acusados; consta ainda acusação de que o prefeito realizou inúmeras contratações de servidores e aumentaram a remuneração de outros servidores através de gratificações.

Confira a decisão abaixo:

 SENTENCA-OFICIAL-1 SENTENCA-OFICIAL-2 SENTENCA-OFICIAL-3 SENTENCA-OFICIAL-4

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Da Redação[/tab]
[/tabs]

[print-me]

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.