Ferrovia – Técnicos visitam Vilhena para estudar área do Porto Seco

2013-07-16T17:00:33+00:0016 julho, 2013|

O prefeito Zé Rover recebeu, na manhã desta terça-feira, 16, a equipe de técnicos da empresa Enefer Consultoria, do Rio de Janeiro – que presta serviço à Valec Engenharia, responsável pelo projeto da Ferrovia Transcontinental, que liga em um dos seus trechos, Vilhena à Lucas do Rio Verde (GO), e possivelmente, terá os trilhos estendidos também até Porto Velho.

IMG_6926[pullquote]Ao todo, uma área de 600 hectares deverá ser utilizada para a implantação do Porto.[/pullquote]

[dropcap]R[/dropcap]over levou a equipe, acompanhado pela imprensa local, para conhecer alguns locais que servirão para a construção do futuro Porto Seco e do pátio para os vagões da ferrovia. Alguns locais por onde deverão passar os trilhos também foi visitado. Uma das principais áreas à disposição para a construção do Porto fica próxima á divisa entre Rondônia e Mato Grosso, seguindo a plantação de grãos às margens da BR 364.

O grupo visitou ainda outras áreas, próximas ao entroncamento da BR 364 com a BR 435, que liga Vilhena à Colorado do Oeste. A visita também foi feita no setor chacareiro, próximo de onde os trilhos deverão passar, quando for feita a expansão até a capital Porto Velho. “Estamos conhecendo as potencialidades do município, que é pólo de toda uma região, e verificando a viabilidade da implantação desse Porto Seco, qual o melhor local e a disponibilidade da região em receber esse empreendimento”, enfatizou o diretor administrativo da Enefer, João Bosco, ao ressaltar que as áreas apresentadas atendem às exigências da empresa e que a partir de agora passa-se a fase de elaboração final do projeto para então depois ser iniciada a obra.

IMG_6925“Essa é, na realidade, uma expectativa grande de quem vive e investe aqui, mesmo sabendo que esse é um investimento muito alto e por isso mesmo demorado, estamos fazendo a nossa parte e preparando o município para participar mais ativamente do progresso de nosso país”, argumentou o prefeito, enquanto afirmava ser esse um investimento de mais de R$ 3,5 bilhões e que o Governo Federal está acreditando na região.

A Ferrovia Transcontinental foi planejada para ter aproximadamente 4.400 km de extensão em solo brasileiro, entre o Porto do Açu, no litoral do Rio de Janeiro e Boqueirão da Esperança/AC, como parte da ligação entre os oceanos Atlântico, no Brasil, e Pacífico, no Peru.
Entre Campinorte/GO e Vilhena/RO, com estimados 1630 km de extensão, é denominada Ferrovia de Integração do Centro Oeste–FICO.

O Traçado: A ferrovia está sendo tratada em três segmentos: Campinorte/GO, no entroncamento com a FNS, até Lucas do Rio Verde/MT – Com 901 km seu principal objetivo consiste em apoiar o escoamento da produção de grãos (soja e milho) do centro-norte do estado de Mato Grosso, maior região produtora de soja do Brasil (o correspondente a 10% da produção mundial desse grão), em direção aos principais portos do país. Além disso, proporcionará a exportação e importação de outros produtos para a área de influência da ferrovia, tais como: fertilizantes, álcool e outros combustíveis, açúcar, cimento e mercadorias movimentadas em contêineres. A Valec informou que para esse trecho o projeto está concluído e em fase de execução.

Lucas do Rio Verde/MT a Vilhena/RO – Esse segmento, que também faz parte da FICO, com estimados 729 km de extensão e outros 770 de Vilhena/RO a Porto Velho/RO. Os trilhos vão interligar a região produtora de grãos e outros produtos agroindustriais do oeste do estado de Mato Grosso e do Sul de Rondônia à Hidrovia do Rio Madeira, em Porto Velho. Estabelecerá um corredor logístico intermodal importante para acesso aos portos de Itacoatiara/AM e Santarém/PA, que são vias de exportação e importação relevantes em direção à América do Norte, Europa e Ásia, neste caso por meio do Canal do Panamá.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”] Semcom[/tab]
[/tabs]

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br