Lançado em 2010 no município de Vilhena, o PAA tem ampliado a cada ano o número de agricultores inscritos e já contempla cerca de 25 mil pessoas

2013-10-24T16:37:14+00:0024 outubro, 2013|

O programa compra atualmente, a produção de 91 produtores do município de Vilhena, onde 53% são mulheres. O projeto, no valor de R$ 434.585,30, foi elaborado pela equipe da Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO), em parceria com a  Associação de Pequenos Produtores Rurais do Planalto Pareceis (Aprocis), e encaminhado a Conab. O projeto tem a duração de 12 meses e prevê o recebimento de 252 mil quilos de produtos e beneficiará mais de vinte cinco mil pessoas.

DSC_0254Semanalmente os produtos chegam ao escritório da EMATER em Vilhena, onde tem uma equipe preparada para fazer o controle de recebimento, separação dos produtos, atestar a qualidade e realizar a distribuição para as entidades, no último dia 22 de outubro, foram recebidos aproximadamente onze mil quilos de produtos. Cada família pode comercializar até R$ 5.500,00 por ano e os alimentos, depois de comprados, são repassados para as entidades entre elas creches, asilos, hospitais, escolas, além de programas como PETI, Projovem e instituições como APAE e centro de convivência do idoso, a retirada é feita pelas próprias entidades.

Atualmente, trinta entidades do município estão sendo beneficiadas pelo programa e recebendo produtos como abobrinha, abóbora, maracujá, mandioca, milho verde, pepino, melancia, abacaxi almeirão, beterraba, cenoura, bolachas caseiras e muitas outras variedades.

Os produtores, que receberam recentemente o pagamento pela produção comercializada através do PAA comemoram o sucesso do programa no município, que está contribuindo para a melhoria da alimentação oferecida a seus beneficiários, bem como para a melhoria da estrutura produtiva das famílias rurais.

Vale ressaltar as parcerias com governo federal através da CONAB, governo estadual, municipal e do tiro de guerra.

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é uma das ações do Fome Zero e promove o acesso a alimentos às populações em situação de insegurança alimentar e promove a inclusão social e econômica no campo por meio do fortalecimento da agricultura familiar.

Para participar do Programa, o agricultor deve ser identificado como agricultor familiar, enquadrando-se no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf),  por meio da Declaração de Aptidão ao Pronaf.

Para a extensionista social Joise Machado, iniciativas como esta são de fundamental importância porque beneficiam as famílias mais carentes, assegura uma alimentação diversificada, com produtos de maior qualidade para a alimentação dos consumidores, e o melhor retorno é o reconhecimento do trabalho.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Da assessoria[/tab]
[/tabs]

[print-me]

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.