“Achei que nunca teríamos calcário em Pimenteiras do Oeste, por causa da distância”, disse Julivam de Oliveira Melo ao ver o calcário sendo descarregado no município, no último dia 23. O Programa Mais calcário foi lançado em 2015 pelo pelo governo estadual para destinar mil toneladas para cada município.

O produtor Zenóbio Mendes Nery junta calcário recebido em Pimenteiras do Oeste

O produtor Zenóbio Mendes Nery junta calcário recebido em Pimenteiras do Oeste

Com esse quantitativo, o município poderá atender a mais de 300 produtores, recuperando um hectare cada, conforme explicou o secretário estadual da Agricultura, Evandro Padovani.

Zenóbio Mendes Nery é morador da Linha 11, onde produz banana, mandioca e abacaxi. Esta é a primeira vez que ele usará o calcário, e espera aumentar a produção. “Nunca usei o calcário, vou usar e espero aumente a minha produção”, afirmou confiante.

Para a engenheira agrônoma da Seagri, Giovana Menocin Rodovalho, o calcário é fundamental para a recuperação de áreas degradas, corrigindo a acidez do solo, fornecendo cálcio e magnésio, e garantindo nutriente para a planta. “Seja qual for a atividade, pecuária, agricultura, hortifrutigranjeiro e a piscicultura, pode ser utilizado o calcário”, esclarece Menocin.

O transporte das 256 toneladas foi realizado pela Seagri com recursos oriundos de emenda parlamentar do deputado estadual, Maurão de Carvalho.

Estatística da entrega do calcario 2A parceria do programa com as prefeituras já garantiu a distribuição de 6.085 toneladas de calcário, totalizando mais de 2.028 hectares em propriedades da agricultura familiar recuperados.

Evandro Padovani disse que o programa Mais Calcário destinou 52 mil toneladas a custo zero para atender à agricultura familiar nos 52 municípios rondonienses. “Essa quantidade possibilita o atendimento a mais de 20 mil produtores rurais da agricultura familiar, recuperando 20.800 hectares em todo o estado, um hectare da propriedade de cada um”, detalhou.

Segundo o coordenador do programa Mais Calcário na Seagri, José Carlos Cidade, dos 52 municípios contemplados com o calcário, São Miguel do Guaporé foi o primeiro que transportou as mil toneladas. Em seguida foi Pimenta Bueno, que já transportou 968 toneladas; e Machadinho do este, 600.

Leia mais:

Seagri orienta produtores para o período de aplicação do calcário

Mais de 1,6 mil hectares da agricultura familiar são recuperados com a doação de calcário aos municípios de Rondônia

 Fonte
Texto: Dhiony Costa e Silva
Fotos: Dhiony Costa e Silva
Secom – Governo de Rondônia