Em virtude da incidência recorrente do GOLPE DO FALSO SEQUESTRO, o 3º Batalhão de Polícia Militar divulga algumas orientações para que as possíveis vítimas possam identificar a ligação e não cair no golpe.

1 – Ao receber uma ligação, seja no telefone fixo ou celular, noticiando sequestro ou similar, DESLIGUE IMEDIATAMENTE O TELEFONE, não atenda ligações de números restritos ou com DDD de outros estados e procure manter contato com o familiar que supostamente foi sequestrado. Caso não consiga, acione a polícia.

2 – O nervosismo faz com que a vítima do golpe sem perceber, de informações e nomes de parentes ao golpista. Geralmente, ao ouvir choro ou grito a vítima sem perceber menciona o nome de algum parente para o golpista. NUNCA MENCIONE NOMES DE PARENTES OU AMIGOS quando receber qualquer ligação dessa natureza.

3 – Nos sequestros reais as ligações são curtas, pois os sequestradores sabem que ligações longas facilitam o rastreamento pela polícia. Se o golpista durante a ligação mandar a vítima não desligar o telefone e continuar falando, DEVE-SE DELISGAR IMEDIATAMENTE. É recomendável não atender ligações de números privados.

4 – Algumas ordens que os golpistas dão às vitimas são: Não desligar o telefone – não falar com nenhum familiar – diz saber onde a vítima mora ou trabalha – colocar alguém gritando ou chorando para que a vítima pense se tratar de um familiar – mandar efetuar depósito em contas através de lotéricas – ordenar que a vítima vá para um lugar onde não há outras pessoas – pedir contatos de familiares ou amigos.

4 – PESSOAS IDOSAS SÃO MAIS VULNERAIVEIS de serem manipulados, em uma única ligação os golpistas conseguem informações importantes de familiares. FAMÍLIA, ORIENTE os idosos sobre o golpe, explicando que caso alguém ligue ameaçando ou dizendo que sequestrou um familiar, É GOLPE.

5 – Em sequestros reais os sequestradores não pedem que se faça depósito em conta, pois isso facilitaria o rastreamento e a prisão dos sequestradores. Ao receber uma ligação desse teor e ficar em dúvida, ligue para a Polícia Militar (190). MESMO QUE TENHA CAÍDO NO GOLPE, PROCURE A PÓLICIA E REGISTRE A QUEIXA.

3BPM