Tumulto na Casa de Detenção em Vilhena acaba com dois presos no Hospital Regional

2013-05-13T07:51:05+00:0013 maio, 2013|

casa-de-detençãoCausador da confusão ainda ameaçou agente penitenciário

[dropcap]O[/dropcap] incidente aconteceu por volta das 18h25 deste sábado, 13. Os agentes penitenciários que estiveram de plantão se viram na necessidade de chamar a polícia militar.

Segundo o agente penitenciário Oswaldo Pereira Ribeiro, 16 detentos de uma cela de triagem acabaram iniciando o tumulto porque queriam atendimento médico para um deles, só que o agente informou que o atendimento havia terminado e a enfermeira que fica no presídio já tinha encerrado o expediente. Neste caso só passam pelo médico as situações de alto risco.

Os detentos não gostaram da resposta e começaram a incitar as outras celas batendo nas grades, tomando um rumo fora de controle, já que a equipe é reduzida devido à greve dos agentes penitenciários.

O agente Oswaldo, para conter os ânimos dos detentos, efetuou um disparo com bala de borracha de uma espingarda calibre 12 contra a grade e o disparo acabou lesionando dois detentos, inclusive o responsável pelo tumulto, Odair Gonçalves Silva, de 32 anos, e Carlos Henrique Rosa Alves, de 20 anos.

Quando a polícia militar chegou ao local para socorrer os detentos o tumulto estava a todo vapor e os policiais tiveram que conter a confusão.

Já no Hospital Regional o médico disse que os ferimentos não foram de gravidade, mas Odair acabou fazendo uma ameaça grave contra o agente penitenciário Oswaldo.

[tabs]
[tab title=”Rondônia em Pauta”]Por Hernán Lagos[/tab]
[/tabs]

[print-me]

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.