Alunos de 29 escolas da rede e da APAE recebem chocolate nesta semana

Desde ontem o prefeito Eduardo Japonês e sua vice Maria José, deram início à entrega dos ovos de páscoa para alunos e servidores da rede municipal de educação e da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). Promovida pela Secretaria Municipal de Educação, a ação é realizada com economia significativa em relação aos anos anteriores, sem deixar, porém, de agradar as crianças.

Investindo R$ 96 mil com chocolates com e sem lactose, o prefeito adquiriu ao todo 13.250 ovos de páscoa. A secretaria de Educação estabeleceu um cronograma para entrega dos chocolates ao longo de três dias, encerrando nesta quarta-feira. De acordo com a secretária-adjunta, a professora Cristiane Ortiz, foram enviados convites para autoridades do município para que compartilhem deste momento junto com a equipe da Semed.

“Entendemos que este é um momento especial. Para muitos de nossos alunos é um acontecimento importante. Ver a felicidade desses pequenos ao ser agraciados com este mimo não tem preço!”, disse Cristiane.

Eduardo Japonês revela que a ação é importante para a auto-estima das crianças e a festa nesta época do ano, estendida a todos, amplia a sensação de pertencimento dos alunos à escola. “Criar bons momentos com os alunos nas escolas faz com que eles se sintam bem recebidos no ambiente escolar. Essa distribuição é tradicional e neste ano fizemos com uma economia importante, sem, ao mesmo tempo, deixar de agradar as crianças. As escolas viraram uma verdadeira festa!”, explicou o prefeito Eduardo Japonês, que foi recebido com carinho em todas as escolas que visitou.

A vice-prefeita, Maria José, acompanhou a comitiva de entrega dos ovos. “O número recorde de 250 ovos sem lactose demonstra também uma grande preocupação do prefeito Eduardo para com todos os alunos”, pontuou.

A entrega de ovos acontece com o envolvimento de professores e servidores da Educação municipal, bem como dos vereadores Ronildo Macedo, Leninha do Povo, Vera da Farmácia e Samir Ali, e o representante do deputado Luizinho Goebel, José Carlos Arrigo.

Semcom