Licitação aconteceu na última semana: projeto de R$ 300 mil aguarda liberação do Governo Federal para início das obras

Na última semana a Prefeitura de Vilhena realizou licitação da obra de iluminação pública do Parque Ecológico Rondon, na BR-174. O recurso estava assegurado já desde 2018 e agora, após a licitação, poucas etapas restam antes do início das obras. A vencedora do certame foi a SEC Engenharia e Construções, de Pimenta Bueno, a mesma que recentemente realizou a iluminação da avenida Melvin Jones.

A empresa apresentou a proposta no valor global de R$ 299 mil. Destes, R$ 286 mil serão pagos com emenda da deputada federal Mariana Carvalho e R$ 13 mil como contrapartida do Município. De acordo com a Secretaria Municipal de Planejamento, agora Vilhena aguarda a aprovação da liberação do recurso através do programa Calha Norte, projeto do Governo Federal que financia as obras de infraestrutura do país. Com esta etapa liberada, será dada a ordem de serviço para o início das atividades. A partir daí a empresa terá prazo de até 90 dias para conclusão da obra.

Parceria do município, a deputada federal Mariana Carvalho já garantiu recursos para projetos realizados e ainda em andamento, como, por exemplo, praça no bairro Bodanese, arco-cirúrgico para o Hospital, tratores e pá-carregadeira, camas e poltronas para o Centro de Especialidades Vilhenense, ônibus e caminhonete para a Saúde, entre outros.

A OBRA – No Parque, as obras serão da iluminação de LED em quase 1.500 metros de extensão da pista de caminhada e no entorno do lago, contará com a instalação de tubulações e caixas de passagens, postes metálicos cônicos, condutores flexíveis com isolação, luminárias de LED, subestação, quadro de comando, remoção e plantio de grama. Haverá também postes de 5 metros e 10 metros com lâmpadas 50W e 200W, respectivamente. Os circuitos serão subterrâneos com eletroduto.

A indicação da iluminação do local foi do vereador França Silva para proporcionar segurança, bem-estar e a possibilidade de visitas noturnas ao local. No momento o Parque Ecológico segue interditado, devido a pandemia do coronavírus, assim buscando diminuir a disseminação do vírus no município. “Apesar das restrições de atendimento e proibição das visitas aqui na Câmara de Vereadores, eu e minha equipe continuamos trabalhando arduamente e buscando recursos para melhorar nossa cidade”, garante o vereador.

Semcom