Pichações, bancos quebrados, arrombamentos, vidros quebrados, brinquedos danificados: residencial

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) registrou boletim de ocorrência na delegacia de Polícia Civil contra vândalos que há vários dias estão agindo no residencial Maria Moura, causando danos ao patrimônio público. Foram registrados danos às instalações elétricas, pichações de facções criminosas, bancos quebrados, arrombamentos, vidros estilhaçados, brinquedos do parque infantil danificados e equipamentos da academia ao ar livre depredados.

“Trabalhamos muito para poder garantir que as famílias tenham uma vida boa e tranquila na sua casa própria no residencial, mas agora temos essa lamentável situação em que bêbados e vândalos se empenham em destruir o que construímos. No nosso dever de fiscalizar e denunciar, fizemos reuniões com moradores, registramos tudo e agora acionamos também as polícias para punir os responsáveis”, explica Patrícia da Glória, secretária municipal de Assistência Social.

Junto da coordenadora habitacional da Semas, Adriana Piacentini, a secretária acompanha o caso. Desde o fim de janeiro a situação se transformou em Boletim de Ocorrência na delegacia de Polícia Civil e agora conta com investigação em andamento.

“Estávamos realizando o trabalho social na Praça do conjunto habitacional e chegou um cidadão em visível estado de embriaguez que começou a perturbar a todos, falando ainda que estava ali para atrapalhar mesmo. É de conhecimento também de moradores que alguns estão fazendo uso daquele bairro para consumir entorpecentes”, explica Adriana.

A Semas solicitou também apoio da Polícia Militar, para intensificar as rondas no bairro. Os serviços sociais necessários no Maria Moura, porém, continuarão a ser prestados.

Semcom