Na sessão ordinária desta terça-feira, 14, a Câmara de Vilhena homenageou mais um pioneiro do município. Trata-se do aposentado Itamar Bormann, que recebeu Moção de Aplausos em função dos relevantes serviços prestados à população de Vilhena.

DSCN8316[pullquote]A homenagem é de autoria do vereador José Garcia (DEM) e deve-se ao trabalho do aposentado na luta pela criação do Vila Operária, fundada em 1996, no bairro Industrial.[/pullquote]

[dropcap]A[/dropcap]o usar a tribuna da Casa de Lei, Garcia, como é popularmente conhecido, justificou a homenagem, dizendo que Itamar foi um dos pioneiros que, em busca de um pedaço de terra, abriu as matas e carregou cacaio, garantindo assim o sustento de sua família. “Certamente, este período de vida foi marcado de muita luta e dificuldade. Depois, conquistou se pedaço de chão e, em condições precárias, levando sua moradia feita por folhas de coqueiro e amarrada por cipó. Assim ele se estabeleceu nesta cidade, se adaptando às dificuldades da vida urbana”, frisou o parlamentar.

Itamar e seus familiares foram convidados ao plenário do Legislativo para receber a homenagem dos vereadores. “Obrigado a Deus e aos nobres vereadores por esta Moção. Agradeço a todos”, disse o aposentado.

HISTÓRIA

Itamar Bormann nasceu em Clevelândia, Paraná, em 9 de dezembro de 1946. Chegou em Vilhena em 1972 com sua esposa Maria da Graça de Oliveira, conhecida como “Dona Ida”.

O primeiro emprego de Itamar foi na Serraria Pato Branco e, por último, se capacitou em segurança, trabalhando na empresa Simonetto Comércio e Transportes.

Aos 69 anos e aposentado, Itamar é presidente da Vila e reside nessa comunidade há mais de 20 anos; batalhou para a implantação da feira livre, melhorando a qualidade de vida e fomentando o comércio dos produtores e agricultura familiar no município.

Assessoria