Confúcio viaja a Brasília e Rio de Janeiro para trazer recursos para Rondônia

2013-06-05T22:01:33+00:0005 junho, 2013|Categories: Em foco, Rondônia|

Governador estará reunido com a ministra-chefe da Casa Civil Gleisi Hoffmann e tratará sobre as compensações ambientais das usinas de Jirau e Santo Antônio no Rio Madeira

confucio[dropcap]O[/dropcap] Governador Confúcio Moura embarcou num voo na noite desta quarta-feira (5) com destino à capital do país, Brasília, onde tem agendada uma audiência na manhã da quinta-feira com a ministra-chefe da Casa Civil Gleisi Hoffmann para trazer mais investimentos para Rondônia. Seguidamente Confúcio viaja a Rio de Janeiro onde visitará o BNDS para trazer recursos referentes à compensação ambiental no valor de R$1,2 bilhões, provocada pela construção das usinas de Jirau e Santo Antônio no Rio Madeira.

       Nesta quarta, na cerimônia de entrega de 4 quilômetros de asfalto no município de Teixeirópolis e 5 quilômetros em Governador Jorge Teixeira, Confúcio pediu à população que lhe desejassem sorte para poder trazer o máximo de recursos para Rondônia.

       Em março deste ano a presidente Dilma Rousseff anunciou R$130 milhões para obras de saneamento básico e mobilidade urbana, o município de Porto Velho foi um dos 73 municípios brasileiros contemplados no Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2), para Estados e cidades médias.

       Para o governador Confúcio Moura, o investimento em abastecimento de água anunciado pela presidenta irá contemplar a cidade de Porto Velho em 100%. Com isso, a rede de esgoto saltará de dois para 70% na capital do Estado. O projeto está previsto para ser concluído em dois anos.

A capital do Estado também receberá recursos específicos para os corredores de ônibus que serão investidos em melhorias urbanas e acessibilidade. Os investimentos de transporte anunciados para Porto Velho deverão atender, principalmente o alargamento de ruas que facilitarão o transporte coletivo. “Tudo isso é para encurtar o tempo do trabalhador que sai de casa para o local de trabalho”, disse Confúcio.

       Os recursos anunciados são do Orçamento Geral da União (UGU), e não são empréstimos. Somados aos outros recursos de obras em andamento, Rondônia ultrapassa R$ 1 bilhão. “Talvez seja o Estado que mais captou recursos na região na Amazônia dentro do PAC 1 e 2, além dos robustos investimentos de financiamento do BNDES nas usinas hidrelétricas do rio Madeira. Só elas somam aproximadamente 50 bilhões de reais. Isso justifica o crescimento do Estado de Rondônia”, disse Confúcio.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Por Hernán Lagos[/tab]
[/tabs]

[print-me]

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br