Eletrobras negocia com os manifestantes do Movimento Grito da Terra