O objetivo da reunião foi tornar mais clara a comunicação entre os órgãos e secretarias com a Superintendência que é responsável pelo controle de gastos essenciais e administrativos, mantendo, assim, uma melhor gestão do combustível e manutenção desses bens públicos.

O governo de Rondônia, através da Superintendência de Gestão de Gastos Públicos Administrativos (Sugesp), reuniu os gerentes de Transportes das Secretarias Estaduais na quinta-feira (2) para alinhamento de processos da Frota Única do Estado.

O objetivo da reunião foi tornar mais clara a comunicação entre os órgãos e secretarias com a Superintendência que é responsável pelo controle de gastos essenciais e administrativos, mantendo, assim, uma melhor gestão do combustível e manutenção desses bens públicos. Na ocasião, foram apresentados modelos e informações de boas práticas, referente ao Gerenciamento da Frota Oficial.

A Coordenadora de Gastos Administrativos (CGA), Michelle Roberta, frisou a importância de um trabalho em equipe entre as secretarias. “A Sugesp funciona como um filtro mediante a todos os trabalhos feitos pelos Gerentes de Transportes. Precisamos de uma comunicação mais direta e responsável para que haja cumprimento dos padrões de processos estabelecidos. Esse alinhamento facilitará os trabalhos internos para um melhor controle efetivo dos gastos operacionais com os veículos oficiais”, disse Michelle.

O encontro contou com um mini treinamento sobre todos os processos laborais de uso dos veículos e procedimentos para abastecimento e manutenção, bem como o fornecimento de informações para um controle eficiente. Além disso, a Sugesp ressaltou sobre a inviabilidade do uso dos veículos, que já atingiram 60% do valor de mercado em gastos com manutenção para que não haja outros gastos desnecessários.

Foi apresentado um cronograma para as próximas etapas desse alinhamento, onde serão disponibilizados cursos e qualificações para os gerentes.

A Sugesp lembrou ainda que está investindo em ferramentas de Business Intelligence para o gerenciamento dos gastos e que o Sistema Frota passará por melhorias. “Estamos desenvolvendo ferramentas que nos auxiliam melhor na distribuição das verbas direcionadas à manutenção e ao abastecimento, tornando o trabalho ainda mais transparente. O Sistema Frota também passará por atualização no intuito de promover a transparência, controle e elevação do nível de eficiência da qualidade dos gastos públicos na logística, manutenção e combustível da estrutura governamental”, finalizou Michelle.

Hoje, a CGA é responsável por coordenar, gerenciar, supervisionar, orientar e aperfeiçoar as práticas de gestão operacional diante da Frota Oficial veicular do Estado, seja própria ou locada.

Secom – Governo de Rondônia