imageA aposentada Luzimar dos Santos Ferreira, reconheceu que um dos três corpos encontrados pela Polícia Federal na noite de segunda-feira na reserva indígena Tenharim, em Humaitá (AM), é de se filho, Luciano da Conceição Ferreira Freitas, desaparecido desde o dia 16 de dezembro, juntamente com outras duas pessoas. Luciano da Conceição, representante comercial, Stef Pinheiro de Souza, professor, Aldeney Ribeiro Salvador, gerente da Eletrobrás Amazonas, desapareceram na Reserva Tenharim no dia 6 de dezembro. Depois do desaparecimento, a população da cidade se revoltou e ateou fogo em prédios e carros públicos.

Luzimar foi a primeira entre os familiares dos desaparecidos a entrar para fazer o reconhecimento e em menos de três minutos, saiu da sala, chorando muito e confirmado que o corpo é de fato, de seu filho. “É ele sim, é ele. Os pés, as mãos, um sinal no rosto, tudo, é ele. Meus Deus, como alguém tem coragem de fazer isso com um filho da gente?. Ele tá magro, muito magro, mas o rosto tá igualzinho”, disse a mãe.

Fonte: RONDONIAGORA
Autor: RONDONIAGORA