A cerca do noticiado em alguns veículos da Imprensa, de que um suposto Soldado do Exército Brasileiro (EB) envolveu-se em uma ocorrência de agressão física ao seu primo no dia 17 de novembro de 2019, cabe à 17ª Brigada de Infantaria de Selva (17ª Bda Inf Sl) esclarecer que o referido cidadão não é mais militar do Exército. Trata-se de um ex-soldado que não pertence mais as fileiras da Instituição.

Anualmente, milhares de ex-militares, dentre Oficiais, Sargentos, Cabos e Soldados, não estabilizados, retornam a sociedade após prestarem o Serviço Militar Obrigatório ou terem findado seu tempo na Instituição. Buscando agir pro ativamente e evitar qualquer incorreção relacionada ao Exército Brasileiro na divulgação à população, o Comando da 17ª Bda Inf Sl se coloca à disposição dos veículos de Imprensa e influenciadores digitais para qualquer consulta ou assessoramento em casos semelhantes.

Por oportuno, a 17ª Brigada de Infantaria de Selva reitera que não compactua com qualquer tipo de conduta ilícita e repudia veementemente atitudes e comportamentos em conflito com a lei, com os valores militares ou com a ética castrense.

COMUNICAÇÃO SOCIAL DA 17ª BDA INF SL EXÉRCITO BRASILEIRO BRAÇO FORTE – MÃO AMIGA