bombeirosAri1
 As exigências de segurança foram cumpridas pelo Poder Judiciário

O novo prédio do Fórum de Ariquemes, que tem inauguração prevista para agosto de 2019, passa por adequações legais como a recente vistoria feita pelo Corpo de Bombeiros, que concedeu ao Poder Judiciário o AVCIP-Auto de Vistoria Contra Incêndio e Pânico.

O documento é resultado da vistoria da corporação para observar os itens de segurança do prédio e é pré-requisito para emissão do habite-se, essencial para o funcionamento ao público.

A aprovação só ocorre após a execução do Projeto de Proteção Contra Incêndio e Pânico – PPCIP, que envolve a implementação de alguns sistemas de segurança como: sistema de proteção de hidrantes, extintores, detecção de alarmes, sinalização de emergência, rotas de fugas e sistema de proteção contra descarga atmosféricas, os chamados para-raios.

bombeirosAri2

Todos os itens do prédio atenderam plenamente o projeto aprovado pelo Departamento de Engenharia e Arquitetura – DEA do TJRO.

A Assessoria de Bombeiro Militar da Instituição, trabalhou em conjunto com o Departamento de Engenharia na fiscalização para deixar o prédio o mais seguro possível.

Aliás, o trabalho da Assessoria é realizado em todas as unidades do Judiciário, afinal, tanto servidores quanto usuários da Justiça devem estar prevenidos contra sinistros de incêndio ou qualquer outra emergência.

Mais uma frente de trabalho da assessoria é com relação a formação da brigada de incêndio, composta pelos próprios servidores, que recebem instruções sobre procedimentos de emergência.

No Edifício-sede já teve até simulação, em fevereiro, evento que envolveu servidores, magistrados e população do entorno com ótimos resultados.

As formações para brigadistas ocorrem em várias comarcas do Estado. Em Vilhena por exemplo, houve um caso peculiar de um brigadista que salvou uma criança engasgada com uma manobra que aprendeu no curso.

Dia do bombeiro

No mês de julho, especificamente no 2, foi comemorado o dia dos bombeiros, por isso a instituição reconhece a importância e credibilidade desses profissionais com tão nobre propósito: o de proteger o próximo em situações perigosas.

“Preferimos sempre a prevenção, por isso toda nossa atividade tem se pautado no atendimento da legislação e nas regras estabelecidas de segurança”, destacou o Major Andrade Júnior, assessor bombeiro militar do TJRO.

Assessoria de Comunicação Institucional